Obesidade - Metas para perda de peso.

Nutrição adequada e atividade física diária são componentes-chave de um programa de controle de peso

COMPARTILHE

Voltar

Obesidade

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal e é fator de risco para uma série de doenças.

Nutrição adequada e atividade física diária são componentes-chave de um programa de controle de peso.

Como estabelecer metas realistas para perda de peso

O princípio básico de um programa seguro e eficaz para a perda de peso ocorre apenas se o balanço energético for negativo, conhecido também por “déficit calórico”, ou seja, quando a queima de calorias é maior que a ingestão calórica.

FOCO: Estabelecendo metas

A definição de ‘metas realistas’ é importante porque direciona seu tempo e energia de maneira focada.

Para que você progrida mais facilmente, suas metas devem ser:

Realistas– A redução do peso não é imediata. Então, para alcançar o sucesso a longo prazo, você deve encontrar metas com as quais possa viver e incorporar em sua agenda diária.

De curto prazo e específicas– Detalhe o que planeja fazer nessa semana. Exemplo “esta semana vou caminhar 25 minutos todas as manhãs”, em vez de dizer apenas “vou me exercitar mais”.

Positivas- Diga “vou” em vez de “não vou”. Pode parecer bobagem, mas metas negativas fazem com que você se sinta deprimido com o que não está fazendo, em vez de fazer com que se sinta bem com o que está conquistando.

Pessoais- Não tente perder peso para agradar ou impressionar os outros. Seja o centro de sua vida e conquiste a sua realização pessoal.

Gratificantes- Reconheça cada pequena vitória sempre! Elas são os tijolos para a construção de seu sucesso a longo prazo.

 

Diga SIM a uma dieta equilibrada e cuidado com as “DIETAS MILAGROSAS”

  • Não existe dieta milagrosa;
  • Muitas vezes, o peso perdido nessas dietas milagrosas não é de gordura, mas de músculos e água;
  • Cada pessoa possui suas necessidades nutricionais específicas;
  • O emagrecimento é um processo gradativo e se ocorrer de forma rápida pode ser prejudicial à saúde;
  • Para emagrecer, não basta só ingerir menos calorias, é necessária a prática paralela de atividade física;
  • Essas dietas podem até trazer algum resultado instantâneo, porém, pode ser desastroso assim que a dieta é abandonada, causando o famoso “efeito sanfona”.

Conte com ele!

O excesso de peso pode estar ligado a disfunções endócrinas, aos maus hábitos alimentares, ao sedentarismo ou até mesmo ao patrimônio genético da pessoa. Por isso, na hora de pensar em emagrecer, é fundamental procurar um especialista em obesidade.

A Elaboração do Programa de Exercícios

Ao iniciar um programa de exercícios físicos pela primeira vez, os participantes sedentários podem encontrar certa dificuldade de se exercitar por muito tempo.

O foco inicial do programa deve ser desenvolver, de forma combinada, a resistência aeróbia, por meio de exercícios aeróbios de baixo impacto – caminhada, bicicleta, elíptico, hidroginástica com intensidades leve/moderada, com exercícios de força muscular, estabilidade e mobilidade.

  • Para perda de gordura corporal, o exercício aeróbio diário é recomendado por especialistas;
  • O treinamento de exercício de força é excelente para conservar a massa magra (massa muscular);
  • O exercício combinado com dieta maximiza a perda de gordura e minimiza a perda de massa magra;
  • Para aumentar o gasto calórico, evite equipamentos poupadores de esforço em casa e no trabalho.

Publicado: 23/09/2016


AnteriorPróximo