Crise de ansiedade

Saiba como enfrentar

COMPARTILHE

Voltar

Já sabemos que o Transtorno de Ansiedade foi definido como "transtornos que compartilham características de medo, ansiedade e perturbações excessivas".

Assim como a insegurança e o desconforto, o medo é muito importante, pois funciona como um mecanismo de defesa e impede que nos coloquemos em estados de riscos. A grande questão é que, em proporções exageradas, ele pode fazer com que nós deixemos de realizar tarefas simples e cotidianas. 

Essa sensação constante chega a ser tão intensa que provoca sintomas físicos e, em crises, um simples passeio no parque pode parecer extremamente perigoso. Já pensou?

Veja algumas dicas abaixo para tentar lidar com essas sensações:

- Antes de qualquer coisa, reconheça a crise de ansiedade. Não tente ignorá-la. Entenda que é “apenas” período de medo.

- Desacelere a mente. Em outro post aqui no blog vimos que, segundo o Dr. Isacc Efraim, uma mente acelerada é uma mente desequilibrada. Tentar evitar o excesso de pensamentos é essencial.

- Essa é a hora de parar, respirar fundo e relaxar. Além disso, uma das sensações do transtorno é o corpo todo tensionado, então permita-se movimentar os ombros e alongar as pernas e braços.

- Mantenha a calma. Tente não pensar em problemas ou atitudes e decisões a serem tomadas.

- E principalmente, busque por um especialista. Receber a atenção e os cuidados de um médico, normalmente um psiquiatra, pode auxiliar na melhora e no tratamento do transtorno da ansiedade. O quanto antes tratada, mais chances de cura você pode ter.

Publicado: 22/06/2017


AnteriorPróximo